Investimentos em energias limpas atingem recorde (português para África)

Investimentos em energias limpas atingem recorde (português para África)

Temperaturas elevadas e alta do petróleo dirigem transição para economia de baixo carbono; África permanece por explorar.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, anunciou num relatório publicado esta terça-feira que os investimentos em energias renováveis e eficientes atingiram valores recorde em 2007.

Segundo o documento, a energia renovável está a atrair milhares de investidores num movimento descrito como idêntico à corrida ao ouro no século 19 na Califórnia, nos Estados Unidos.

Novo Recorde

O relatório afirma que apesar da crise financeira que atingiu os mercados globais, os novos investimentos em energias limpas atingiram quase os US$ 150 mil milhões em 2007, um aumento de 60% em relação ao ano anterior.

A Europa atraiu a maior parte dos investimentos, seguida dos Estados Unidos. O Brasil, a China e Índia também atraíram o interesse dos investidores registando um aumento no sector dos biocombustíveis.

África registou um crescimento baixo relativamente a outros continentes mas mesmo assim os investimentos aumentaram cinco vezes em relação a 2006.

Segundo o relatório, a região sub-saariana é a região que mais pode beneficiar das energias renováveis mantendo-se contudo por explorar.

Energia Eólica

Em termos globais, a energia eólica atraiu a maior parte dos investimentos seguida da energia solar.

De acordo com o relatório, prevê-se que os investimentos atinjam os US$450 mil milhões por ano até 2012.