Degradação afeta 25% do mundo BR

Degradação afeta 25% do mundo

Estudo da FAO sugere que 30% das florestas e 20% de todas as terras aráveis estão sofrendo como fenômeno.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

Uma pesquisa da Organização das Nações Unidas para Agricultura e Alimentação, FAO, revela que a degradação do solo está se intensificando em várias partes do mundo.

Segundo o estudo, 1,5 bilhão de pessoas ou 25% dos habitantes do planeta estão sendo afetados pelo problema.

Ecossistema

A pesquisa analisou dados de um período de 20 anos e constatou um declíno da produtividade e função do ecossistema.

De acordo com a FAO, o fenômeno atinge 30% das florestas, 10% dos pastos e 20% de todas as terras aráveis do planeta.

A agrônoma da FAO, Cristina Amaral, disse à Rádio ONU, de Roma, que apesar da mudança climática, algumas atividades de gerenciamento da terra também aumentam a degradação.

Desmatamento

“Cultivar o terreno e a seguir fazer grandes queimadas que diminuem a capacidade de matéria orgânica do terreno. O desmatamento também contribui para o problema. Cultivar terras em zonas que levam a uma maior erosão portanto há várias atividades humanas que contribuem para esta degradação.”, disse.

De acordo com a FAO, apesar da decisão de 193 países de combater a desertificação ao firmar a Conferência da ONU sobre o tema, em 1994, a degradação do solo tem piorado nos últimos anos.