Conselho de Segurança discute situação no Zimbábue
BR

8 julho 2008

Vice-secretária-geral da ONU, Asha-Rose Migiro (foto),afirmou que as eleições no país produziram resultados ilegítimos.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Conselho de Segurança da ONU reuniu-se nesta terça-feira para discutir questões relacionadas a paz e segurança na África, incluindo, a crise no Zimbábue.

A vice-secretária-geral da ONU, Asha-Rose Migiro, participou do encontro e afirmou que as eleições no Zimbábue produziram resultados ilegítimos.

Migiro reconheceu os esforços desenvolvidos por organizações locais como a Comunidade de Desenvolvimento da África Austral, Sadc, a União Africana e o Parlamento Pan-Africano que enviaram observadores para acompanhar o primeiro e o segundo turnos.

Unidade Nacional

Segundo Migiro, as três missões de observação condenaram a eleição assim como os resultados. Ela afirmou que a criação de um governo de unidade nacional é o caminho a seguir e que será necessário estabelecer um mecanismo local de apoio ao processo de mediação.

Falando a jornalistas após o encontro do Conselho de Segurança, a vice- secretária-geral afirmou estar preocupada com a situação humanitária no Zimbábue e apelou ao levantamento das restrições impostas às atividades das agências humanitárias no país.

Apresentação*: Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud