ONU pede US$ 404 milhões para alimentar afegãos

ONU pede US$ 404 milhões para alimentar afegãos

Apelo lançado com governo de Cabul pretende atender 4,5 milhões de pessoas em áreas mais carentes após alta do preço dos alimentos.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas e o goveno do Afeganistão lançaram um apelo conjunto nesta quarta-feira para ajudar a alimentar cerca de 4,5 milhões de afegãos.

O apelo de US$ 404 milhões, o equivalente a R$ 646 milhões, deverá atender parte da população mais afetada pela seca, más colheitas e pela crise alimentar mundial.

Grãos

Segundo a ONU, no ano passado, o Afeganistão produziu 90% do que consumiu em alimentos, mas este ano, o país deverá ter de importar 2 milhões de toneladas de grãos por causa da crise.

Entre os beneficiados com o apelo estão cerca de 550 mil mulheres e crianças. Além disso, o dinheiro também deverá ser usado para compra de água potável, para promoção de hábitos de higiene e prevenção a doenças em comunidades afetadas pela seca.

E em Nova York, o Conselho de Segurança deve debater a situação política no Afeganistão com base num relatório do Secretário-Geral sobre o país.

Segundo Ban Ki-moon, os níveis de incidentes violentos são os mais altos dos últimos anos.