Perspectiva Global Reportagens Humanas

Situação é calma em missões no Sudão, diz ONU BR

Situação é calma em missões no Sudão, diz ONU

Forças de paz realizaram 10 patrulhas em Darfur um dia após protestos contra decisão de TPI de indiciar presidente sudanês.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

A porta-voz de Ban Ki-moon, Marie Okabe, informou que a situação está calma, nesta terça-feira, nas duas missões da ONU no Sudão, uma em Cartum, capital do país, e outra em Darfur, no oeste do Sudão.

Na segunda-feira, manifestantes saíram às ruas para protestar contra a decisão do Tribunal Penal Internacional, TPI, de indiciar o presidente sudanês, Omar Hassan Ahmad Al Bashir, por crimes contra a Humanidade e acusações de genocídio.

Assistência de Saúde

Okabe informou que as forças de paz da ONU fizeram 10 patrulhas em Darfur.

Ela afirmou que os trabalhadores de assistência humanitária continuaram suas operações de distribuição de alimentos, água potável, itens não-perecíveis, além de assistência de saúde a vítimas de estupro.

A Missão da ONU no Sudão, Unmis, informou que houve três protestos pacíficos nesta terça-feira incluindo um na capital, Cartum.

Conflito

O caso que responsabiliza o presidente do Sudão por crimes de guerra foi levado ao TPI pelo promotor Luis Moreno-Ocampo.

Todas as acusações são relacionadas ao conflito em Darfur, que começou em 2003, entre tropas do governo, milícias e grupos rebeldes.

O governo sudanês nega as acusações e diz que o caso tem motivação política.