Nações Unidas preocupadas com discriminação contra 'ciganos' (Português para África)

15 julho 2008

Governo italiano quer proceder ao registo de todos os elementos da comunidade Roma e Sinti.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas expressaram preocupação perante a proposta feita pelo Ministério Italiano do Interior de proceder à identificação por impressão digital de todos os elementos da comunidade Roma e Sinti, igualmente conhecidos como ciganos.

Segundo a proposta, todos incluindo crianças seriam abrangidos por estas medidas cujo objectivo seria a identificação de quem não possui documentos e que vive no país.

Proposta

Numa declaração emitida esta terça-feira, o relator especial da ONU sobre racismo, Doudou Diene, afirma que se pode classificar a proposta como discriminatória.

Diene afirma que investigou a situação do racismo em Itália há dois anos e que concluiu que a comunidade Roma e Sinti era a mais afectada. A recomendação ao governo italiano, diz Diene, foi de tomar medidas urgentes e específicas para proteger esta comunidade.

Apelo

Para além de Diene participam também nesta declaração, o perito independente da ONU em minorias, Gay McDougall, e o relator especial da ONU sobre os Direitos Humanos dos Migrantes, Jorge Bustamente.

Os peritos apelaram ao governo italiano para respeitar os compromissos assumidos ao abrigo da lei internacional de direitos humanos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud