Ban termina visita à Alemanha

Ban termina visita à Alemanha

Durante a passagem por Berlim, Secretário-Geral (foto) relembrou a importância do trabalho das missões da ONU no Sudão.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, termina esta quarta-feira uma visita de dois dias à Alemanha durante os quais se reuniu com a chanceler federal alemã, Angela Merkel.

Entre os vários temas abordados, Ban discutiu o Sudão, Afeganistão, Médio Oriente e Irão.

Falando aos jornalistas após o encontro, ele apelou ao governo sudanês no sentido de cooperar com as Nações Unidas.

Acusação

Na segunda-feira, o promotor do Tribunal Penal Internacional, TPI, indiciou o presidente sudanês acusando-o de genocídio e crimes contra a Humanidade.

O Secretário-Geral da ONU reuniu-se com o ministro alemão da Defesa, Franz Josef Jung, que prometeu enviar mais mil soldados para apoio da operação de manutenção de paz da ONU no Afeganistão.

Durante a visita à Alemanha, o Secretário-Geral discursou também num evento abordando o tema de soberania responsável que definiu como um dos grandes desafios do século 21.

Insegurança

O evento foi organizado pela Fundação Bertelsmann subordinando-se ao tema “Gestão da Insegurança Global”.

Na terça-feira Ban reuniu-se em Berlim com o líder turco-cipriota, Mehmet Ali Talat com quem discutiu a situação em Chipre.

Antes, na sua passagem por Paris, o Secretário-Geral da ONU reuniu-se com o líder cipriota grego Dimitris Christofias.