ONU apela à calma entre o Cambodja e a Tailândia

ONU apela à calma entre o Cambodja e a Tailândia

Templo hindú no centro da polémica entre os dois países; militares mobilizados ao longo da fronteira.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, expressou preocupação relativamente à recente escalada de tensões incluindo a mobilização de tropas ao longo da fronteira entre o Cambodja e a Tailândia apelando a uma resolução pacífica da situação.

No cerne da questão está o templo Hindu de Preah Vihear, uma construção do século 11 situada no topo de um promontório e que foi reconhecido este mês pela Unesco como Património Mundial.

Templo

Segundo agências de notícias, em 1962 o Tribunal Internacional de Justiça declarou que o templo pertencia ao Cambodja. No entanto, o acesso ao templo tem que ser feito a partir de território tailandês.

Ban Ki-moon apelou à calma entre ambos os lados afirmando esperar que esta questão possa ser resolvida de forma pacífica e por meios diplomáticos.

Apresentação*: João Duarte, Rádio ONU em Nova York.