Acnur lança campanha sobre deslocados na Colômbia (Português para o Brasil)

Acnur lança campanha sobre deslocados na Colômbia (Português para o Brasil)

Iniciativa Corre pela Vida mostra que afetados não têm outra saída a não ser correr da perseguição e violência, que afeta 3 milhões no país.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.*

O Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados, Acnur, lançou a campanha “Corre pela Vida” para combater os deslocamentos forçados na Colômbia.

Segudo o Acnur, o problema afeta 3 milhões de pessoas no país. Somente no ano passado, 250 mil pessoas tiveram que sair de suas casas após serem ameaçadas por grupos armados.

Objetivo

A Colômbia vive um conflito civil, de mais de quatro décadas, entre tropas do governo, grupos rebeldes e paramilitares.

A campanha do Acnur, que conta com a ajuda de mais 10 parceiros, compara o deslocamento forçado com uma longa corrida para fugir da violência e da perseguição.

O porta-voz do Acnur, William Spindler, contou à Rádio ONU, de Genebra, o objetivo da iniciativa.

Medellín

“O que buscamos é mobilizar a população, a sociedade colombiana sobre uma temática que é muito grave, e ao mesmo tempo, muito desconhecida. Há muitas pessoas, no interior da Colômbia, que não estão conscientes sobre o impacto que este deslocamento forçado tem sobre a economia. Por isso, queremos mobilizar o setor privado, a igreja, as organizações comunitárias todos”, disse.

O lançamento da campanha ocorreu em Medellín, a segunda maior cidade da Colômbia com uma corrida simbólica realizada pelos organizadores.

O site do Acnur para a iniciativa é www.correporlavida.org