Ban condena bombas na Índia

28 julho 2008

Cerca de 50 mortos e mais de 100 feridos é o balanço das vítimas na Índia. Ban (foto) afirma que estes actos não têm justificação.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, condenou com veemência a série de atentados bombistas ocorridos em duas cidades indianas causando um número elevado de mortos e feridos.

Numa mensagem lida pela sua porta-voz, o Secretário-Geral da ONU enviou condolências às famílias das vítimas reiterando que actos terroristas deste tipo não têm justificação.

Vítimas

No Sábado, quase 50 pessoas morreram e mais de uma centena ficaram feridas em resultado de 17 explosões ocorridas em áreas residenciais, comerciais, transportes públicos e hospitais na cidade de Ahmedabad, na região centro-oeste do país.

Na sexta-feira, vários engenhos explodiram na cidade de Bangalore, no sul, matando duas pessoas.

Segundo agências de notícias, Ahmedabad foi palco de confrontos entre hindus e muçulmanos em 2002 que resultaram em centenas de mortos.

Numa nota separada, o Secretário-Geral da ONU condenou os atentados bombistas ocorridos este Domingo em Istambul na Turquia.

Ban Ki-moon lamentou a morte de pelo menos 16 pessoas e enviou condolências às famílias das vítimas e dos feridos.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud