Relatório revela que registro de patentes subiu 4,9%
BR

31 julho 2008

Estudo da Organização Mundial de Propriedade Intelectual, Ompi, China, Coréia do Sul e Estados Unidos lideram lista de pedidos.

Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

Um relatório das Nações Unidas sugere que o número de registros de patente alcançou mais de 1,7 milhões em 2006. Um crescimento de 4,9% se comparado ao volume de 2005.

Segundo o estudo, “Edição 2008 do Relatório Mundial de Patente”, foram concedidos 727 mil registros em 2006.

Sistema

O diretor-geral da Ompi, Kamil Idris, disse que o crescimento de deve a um aumento de atividades inovativas no nordeste da Ásia e nos Estados Unidos.

O estudo mostra ainda que os chamados países emergentes como Brasil, Índia e Turquia estão usando, cada vez mais o sistema, para requerimentos internacionais.

Os escritórios de patente na Índia e no Brasil receberam o mesmo número de pedidos de registro: 24,505.

Para a maioria dos países emergentes, o número de patentes concedidas para os não-residentes totalizou a maior parte dos pedidos.

Biotecnologia

Os setores de tecnologia e informação, telecomunicações e equipamentos eletrônicos são os mais procurados.

Os registros de patentes no setor de remédios obtiveram um aumento de 1,7%, mas os pedidos na área de biotecnologia caíram quase 3%.

Segundo a Ompi, o número total de patentes ultrapassa 6 milhões. Mais de 7 em cada 10 patentes foram concedidas para Japão, Estados Unidos, Coréia do Sul e Alemanha.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud