Nações Unidas discutem combate ao tráfico humano (Português para o Brasil)

4 junho 2008

Assembléia Geral promove parcerias internacionais para busca de soluções; atriz Ashley Judd (foto) falou em defesa das vítimas.

Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Nova York*.

O presidente da Assembléia Geral da ONU, Srgjan Kerim, disse que é preciso reforçar a cooperação multilateral para impedir o tráfico de pessoas no mundo e garantir proteção às vítimas.

Kerim fez a declaração na abertura de um debate, nesta terça-feira, sobre tráfico humano, em Nova York.

Ação

A reunião teve como foco a discussão de medidas para intensificar a cooperação com a sociedade civil para implementar prevenção, proteção às vítimas e punição dos criminosos.

O chefe da missão da Organização Mundial para Migrações na Moldávia, Martin Andreas, disse à Rádio ONU, em Nova York, que a participação do poder público é fundamental na solução do problema.

“O maior desafio hoje em dia é fazer os países e os atores públicos assumirem as responsabilidades deles. Estamos a combater um mal social, através de iniciativas humanitárias, mas não pode ser considerada como sustentável”, disse.

Hollywood

O debate foi moderado pelo diretor-executivo do Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime, Unodc, Antonio Maria Costa.

O evento também contou com a participação da atriz de Hollywood, Ashley Judd, que discursou em defesa das vítimas.

De acordo com a OIM, todos os anos, mais de 2 milhões de pessoas são vítimas do tráfico, para exploração sexual ou trabalho escravo.

*Apresentação: Monica Villela Grayley da Rádio ONU em Nova York

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud