Pnud apóia projeto de energia limpa no Timor-Leste BR

Pnud apóia projeto de energia limpa no Timor-Leste

Proposta pretende combater desmatamento causado por dificuldade de acesso às energia convencionais.

Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Nova York*.

O Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento, Pnud, anunciou um projeto de bioenergia no Timor-Leste, no sudeste da Ásia.

Segundo o Pnud, a iniciativa, no distrito de Manatuto, faz parte de um programa mais amplo de desenvolvimento sustentável para promover novas fontes de energia e melhorar a vida das famílias em comunidades isoladas.

Energia Solar

O projeto aproveita a energia solar, produção de gás natural a partir da decomposição de estrume e adaptação dos fogões às necessidades energéticas das comunidades.

De acordo com o Plano de Governo para o Desenvolvimento do Setor Energético, a construção de uma rede de energia elétrica na região seria inviável até 2025, devidos às grandes distâncias.

O Timor-Leste, um país de língua portuguesa no sudeste da Ásia, se tornou independente em 2002 após um referendo da ONU.

*Apresentação: Monica Villela Grayley da Rádio ONU em Nova York