Situação no Zimbabué é preocupante, diz Arbour (Português para África)

Situação no Zimbabué é preocupante, diz Arbour (Português para África)

Alta comissária para Direitos Humanos (foto), emitiu declarações na Cimeira da FAO em Roma.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

A alta comissária da ONU para Direitos Humanos, Louise Arbour, afirmou estar preocupada com a situação no Zimbabué.

Segundo Arbour, informações sugerem que o governo zimbabueano teria ordenado a interrupção da distribuição de auxílio alimentar por parte de várias agências internacionais até à realização da segunda volta das eleições presidenciais.

Condenável

De acordo com a alta comissária, se as informações se confirmarem, trata-se de um acto condenável.

Arbour afirma que privar pessoas de alimentos por causa de uma eleição é uma perversão da democracia assim como uma grave violação da lei internacional de direitos humanos.

Na cimeira, Louise Arbour disse aos delegados que em muitos casos, as violações de direitos humanos por governos estão na base das crises alimentares e dificultam os esforços para alimentar as populações.