Auxílio alimentar atinge nível mais baixo de sempre

Auxílio alimentar atinge nível mais baixo de sempre

Relatório diz que aumentos nos preços dos alimentos é o principal responsável pela queda.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Programa Alimentar Mundial, PAM, anunciou que as entregas de auxílio alimentar atingiram o nível mais baixo em praticamente cinco décadas.

A queda afectou em particular o auxílio alimentar em trigo e milho que sofreram uma queda acentuada devido ao impacto dos aumentos nos preços dos alimentos.

Relatório

As informações constam do último relatório do Sistema Internacional de Informação sobre Auxílio Alimentar, Interfais.

Segundo o estudo, as entregas de auxílio desceram 15% em 2007, o equivalente a 5,9 milhões de toneladas. Trata-se do nível mais baixo atingido desde que os registos começaram a ser compilados em 1961.

O mesmo relatório afirma que entre 2000 e 2007 o preço do trigo aumentou 122% enquanto o preço do milho subiu 86%.

Impacto

Os aumentos tiveram impacto sobre os orçamentos disponíveis para aquisição de alimentos para os programas de auxílio.

Este ano o PAM lançou um apelo para mais fundos. O orçamento mostrava um défice de US$755 milhões devido ao aumento no preço dos alimentos.

Segundo o relatório, a quantidade de alimentos adquiridos nos países em desenvolvimento aumentou para 39% o que, de acordo com o documento, é um recorde que proporciona um importante estímulo aos mercados agrícolas no mundo em desenvolvimento.