Tribunal do Direito do Mar reelege juiz brasileiro (Português para o Brasil)

16 junho 2008

Professor Vicente Marotta Rangel (foto) recebeu 146 votos; órgão decide disputas relacionadas à interpretação da Convenção da ONU sobre o tema.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O professor emérito da Universidade de São Paulo, Vicente Marotta Rangel, foi reeleito juiz do Tribunal Internacional sobre Direito do Mar.

O objetivo do tribunal é resolver impasses ou disputas relacionadas à interpretação da Convenção da ONU sobre o tema.

Divisão Geográfica

Além do brasileiro, foram eleitos mais seis membros para mandatos de nove anos entre eles, o juiz José Luis Jesus, de Cabo Verde.

Ele também foi eleito para um segundo mandato.

O juiz brasileiro Marotta Rangel recebeu 146 votos dos 155 países-membros do órgão, que tem sede em Hamburgo, no norte da Alemanha.

Um dos critérios para as eleições é a divisão geográfica eqüitativa. Entre os outros países representados estão Alemanha, Índia, Líbano e Rússia.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud