China e EAU avançam na doação de sangue BR

China e EAU avançam na doação de sangue

De acordo com Organização Mundial da Saúde, países obtiveram maiores progressos na redução de risco de contaminação.

Iara Luchiari, Rádio ONU em Nova York.*

A Organização Mundial da Sáude, OMS, informou que a China e os Emirados Árabes Unidos estão se destacando em atividades de redução de contaminação em doações de sangue.

A informação da OMS foi divulgada como parte da comemoração do Dia Mundial do Doador de Sangue, marcado no fim de semana.

Brasil

De acordo com a agência da ONU, a China e os Emirados Árabes Unidos estão perto de cumprir a meta de 100% de coleta de amostras de sangue de doadores voluntários.

No Brasil, segundo dados do Ministério da Saúde, 1,8% da população doa sangue. A maioria é jovem e tem de 18 a 29 anos.

De acordo com a OMS para manter os estoques de sangue regulares é necessário que 3% a 5% da população doe sangue.

O Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado em 14 de junho.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.