Dia Mundial da Criança Africana

Dia Mundial da Criança Africana

As celebrações centram-se em redor do tema do direito à participação.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, assinala esta segunda-feira o Dia da Criança Africana.

Este ano, o tema é Direito à Participação: Deixar as Crianças ser Vistas e Ouvidas.

Sessão Especial

Na Guiné-Bissau, o dia foi assinalado com uma sessão especial do Parlamento Infantil, um grupo de crianças organizado pelo Unicef, que visita parlamentares para falar sobre o que as preocupa.

A encarregada de comunicação do Unicef na Guiné-Bissau, Carina Gomes, disse à Rádio ONU, de Bissau, que a participação da criança é fundamental.

“Os principais desafios prendem-se com a questão da criança participar em todo o processo de desenvolvimento, em tudo o que lhes diz respeito. Elas têm o direito à participação e foi esse direito que foi reclamado hoje. Infelizmente em África, nos dias de hoje, a criança não tem o direito a participar, principalmente a debater sobre os assuntos que lhe dizem respeito”, disse.

Participação

Segundo o Unicef, ao longo da última década tem crescido o interesse na participação activa das crianças nas escolas e comunidades em geral, algo incentivado pelo reconhecimento da cidadania e direitos das crianças e jovens.

Jovens de países que fazem parte do G-8, o Grupo de Sete Países Mais Industrializados do Mundo Mais a Rússia, e de países em desenvolvimento, vão participar na abertura da quarta Cimeira Anual J8 a realizar no Japão no dia 2 de Julho.