Ban condena atentado no Iraque que matou dezenas (Português para o Brasil)

18 junho 2008

Com pelo menos 63 mortos, o ataque foi considerado o pior, em Bagdá, nos últimos três meses.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.*

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon (foto), condenou o atentado ocorrido na terça-feira em Bagdá, capital do Iraque.

Segundo agências de notícias, o ataque matou pelo menos 63 pessoas e deixou várias feridas.

Carro-bomba

Numa nota, emitida pela porta-voz dele, Ban deu pêsames às famílias das vítimas. Segundo ele, o atentado foi hediondo e horrível.

De acordo com a polícia, o ataque foi realizado com um carro-bomba, que explodiu no fim da tarde num terminal de transportes lotado de gente.

Segundo relatos, o fogo da explosão incendiou um gerador que se encontrava nas proximidades espalhando as chamas para um edifício de dois andares.

Nesta quarta-feira, a porta-voz de Ban Ki-moon, Michele Montas, disse que ele elogiou o anúncio do fim da onda de violência entre Israel e Gaza.

Na nota, Ban disse que espera que os esforços levem segurança e um alívio para a situação humanitária em Gaza e o fim dos ataques com morteiros contra alvos israelenses.

O Secretário-Geral parabenizou o Egito por seus contínuos esforços de alcançar a calma através do acordo.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud