OMS tem teste mais rápido contra tuberculose
BR

30 junho 2008

Pela iniciativa da agência os exames poderão detectar a forma ultraresistente da doenças em apenas 48 horas; antes eram precisos 90 dias.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, anunciou a realização de dois projetos que devem levar a mais rapidez no diagnóstico da tuberculose.

De acordo com a primeira iniciativa, o diagnóstico contra a tuberculose multiresistente poderá ser obtido em dois dias em vez de três meses.

Acesso

O projeto prevê ainda o aumento do número de medicamentos para tratamento.

Segundo a OMS, os projetos beneficiarão países em desenvolvimento, principalmente na África e na Ásia.

O secretário-executivo da Central Internacional para Compra de Medicamentos, Unitaid, Jorge Bermudez, disse à Rádio ONU, de Genebra, que a iniciativa é um avanço na prevenção da tuberculose.

“Esse projeto vem ampliar o acesso a métodos de diagnóstico muito mais rápidos e muito mais acessíveis em vários países e, ao mesmo tempo, também ampliar o acesso ao tratamento de tuberculose multiresistente”, disse.

Medicação

De acordo com a OMS, os projetos agilizarão o tratamento dos doentes que passarão a receber medicação adequada num espaço de tempo menor.

A OMS afirma que em todo o mundo apenas 2% dos doentes com tuberculose multiresistente são diagnosticados e corretamente tratados.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud