Serviço aéreo humanitário no Sudão continua, diz PAM

30 junho 2008

Reacção rápida dos doadores permite continuação do transporte aéreo dos trabalhadores de auxílio.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

O Programa Alimentar Mundial, PAM, anunciou a continuação do serviço aéreo que transporta trabalhadores de auxílio humanitário para áreas críticas do Sudão.

Segundo o PAM, a continuação do serviço deve-se à rápida reacção dos doadores que conseguiram angariar US$14,8 milhões para garantir o serviço até ao final de setembro.

No início de junho o PAM havia anunciado cortes e o possível encerramento do serviço humanitário de transporte aéreo devido a falta de fundos.

Entre os doadores conta-se o Fundo Humanitário Comum da ONU, os Estados Unidos e a União Europeia.

Emboscada

Segundo o representante do PAM no Sudão, Kenro Oshidari, o serviço aéreo transporta trabalhadores de auxílio de cerca de 200 organizações humanitárias que estão activas no Sudão.

Num outro desenvolvimento, o PAM anunciou a morte de um condutor de um camião da agência que operava no sul do Sudão. O condutor, de nacionalidade ugandesa, foi morto na sequência de uma emboscada.

Trata-se da quinta vítima mortal registada entre condutores do PAM e os seus assistentes este ano no sul do Sudão.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud