Nações Unidas debatem desenvolvimento na África (Português para o Brasil)

Nações Unidas debatem desenvolvimento na África (Português para o Brasil)

Reunião analisa meio ambiente e crise no setor agrícola; Cabo Verde diz que combate à pobreza é prioridade.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

Representantes dos países-membros da ONU estão reunidos, em Nova York, para o encontro da Comissão sobre Desenvolvimento Sustentável. A África é o destaque das discussões.

O evento, que reúne organizações não-governamentais, está analisando ainda o impacto da crise alimentar sobre iniciativas de combate à fome e à pobreza no continente.

África Subsaariana

De acordo com a comissão, cerca de 20% do Produto Interno Bruto, PIB, da África Subsaariana são gerados pelo setor agrícola. E pelo menos 70% dos trabalhadores, em 20 países, atuam na agricultura.

O embaixador de Cabo Verde nas Nações Unidas, António Lima, falou à Rádio ONU, em Nova York, sobre a contribuição de seu país ao debate.

Desafios

“Nossa contribuição é continuar trabalhar no sentido de aprofundarmos nossa democracia no nosso país. E de fazer um esforço tremendo para o desenvolvimento do país, e sobretudo resolver o problema dos mais pobres. É um dos objetivos do governo fundamentais. E nós preservando a paz, para aliviar a pobreza do nosso país, estamos a contribuir para que nosso país esteja mais bem apetrechado para enfrentar os desafios do futuro”, explicou.

Crescimento

Os recentes progressos na economia e crescimento de Cabo Verde o levaram a deixar o grupo de países menos desenvolvidos do mundo.

E segundo as Nações Unidas, este grupo sofre mais com a baixa produtividade do setor agrícola que os países em desenvolvimento.

Numa cimeira, no início do ano, na sede da ONU, o Secretário-Geral, Ban Ki-moon, afirmou que o Século 21 pode ser o século da África caso sejam feitos os investimentos adequados no continente.

Desde 1998, a África tem registrado aumento nas exportações. Mais de 25% dos produtos africanos foram enviados à Ásia.