FMI elogia euro à vespera dos 10 anos da moeda

FMI elogia euro à vespera dos 10 anos da moeda

Diretor-gerente, Dominique Strauss-Kahn, destacou estabilidade econômica e pediu maior participação dos países europeus.

Iara Luchiari, Rádio ONU em Nova York*.

O Fundo Monetário Internacional, FMI, elogiou o desempenho do euro, a moeda comum de 15 países da União Européia.

O diretor-gerente do fundo, Dominique Strauss-Kahn, disse durante o Fórum Econômico, em Bruxelas, que o euro ajudou a promover estabilidade econômica na Europa e pediu reformas no setor para manter o sucesso da moeda.

Ganhos

Em 1º de janeiro de 2009, o euro completará 10 anos de existência. A moeda adotada, no início por 11 países, é corrente hoje em 15 das 27 nações da União Européia.

Strauss-Kahn lembrou que após uma década, o euro continua a ser um clube do qual muitos querem participar pelos ganhos que a moeda gera.

Segundo ele, o euro ajudou na redução do desemprego, na queda da inflação, e menor vulnerabilidade à crises econômicas.

A decisão de adotar uma moeda única foi anunciada pela União Européia em maio de 1998.

Apresentação*: Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.