Brasil é reeleito para Conselho de Direitos Humanos
BR

21 maio 2008

Campanha foi liderada pela Missão do Brasil na ONU, que é chefiada pela embaixadora Maria Luiza Ribeiro Viotti (foto).

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.*

O Brasil foi reeleito, nesta quarta-feira, para o Conselho de Direitos Humanos. Com o novo mandato, o país deverá permanecer no órgão até 2011.

O país recebeu 175 votos ficando atrás do Chile com 176 votos e na frente da Argentina com 172.

Votação

A votação, que escolheu 15 novos membros do conselho, ocorreu, em turnos, na Assembléia Geral em Nova York.

A campanha foi liderada pela Missão do Brasil na ONU, que é chefiada pela embaixadora Maria Luiza Ribeiro Viotti.

“Esperamos durante o próximo mandato continuar a contribuir de uma maneira construtiva para a consolidação do conselho. E, para o seu aperfeiçoamento como órgão esfera, dentro do sistema como um todo, para promoção e proteção dos direitos humanos”, disse.

Timor-Leste

Outro candidato de língua portuguesa, o Timor-Leste, concorreu na região da Ásia, e recebeu 92 votos, mas não conseguiu se eleger. O líder do grupo asiático foi Japão com 155 votos.

O Conselho de Direitos Humanos tem 48 membros com mandatos que variam de 1 a 3 anos. O mandato atual do Brasil expira em 18 de junho. O outro país lusófono no conselho é Angola com mandato até 2010.

Apresentação*: Eduardo Costa, Rádio ONU em Nova York.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud