Aiea: novo relatório sobre programa nuclear do Irã (Português para o Brasil)

Aiea: novo relatório sobre programa nuclear do Irã (Português para o Brasil)

Documento deverá ser debatido em 2 de junho em reunião do Conselho de Governadores da agência, em Viena.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

A Agência Internacional de Energia Atômica, Aiea, recebeu nesta segunda-feira um novo relatório sobre o programa nuclear do Irã.

O documento entregue pelo diretor-geral da agência, Mohammed El Baradei, ao Conselho de Governadores é o primeiro desde o fim de fevereiro.

Leia o boletim de Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.

“A emissão do relatório sobre o programa nuclear iraniano atende a um pedido do Conselho de Segurança feito no início de março.

Na época, o conselho pediu à Aiea que relatasse num prazo de 90 dias se o Irã estabeleceu ou não a suspensão completa de suas atividades nucleares, mencionadas na resolução 1737, aprovada em 2006.

Equipamento

A resolução proibiu o comércio com o Irã de qualquer material, equipamento ou recursos tecnológicos que pudessem levar ao desenvolvimento de armas nucleares.

Ainda em março, o Conselho de Segurança impôs mais sanções ao Irã incluindo a inspeção de transportes de carga, o monitoramento de instituições financeiras e o congelamento de bens relacionados ao programa nuclear do país”.

Fins Pacíficos

O governo iraniano afirma que seu programa nuclear tem fins pacíficos. Documento deverá ser debatido em 2 de junho em reunião do Conselho de Governadores da agência, em Viena.

As preocupações de vários representantes da comunidade internacional começaram em 2003, após a descoberta de que o Irã teria rompido com algumas de suas obrigações estabelecidas no Tratado de Não-Proliferação de Armas Atômicas.