Unmit defende apoio de longo prazo ao Timor-Leste (Português para o Brasil)

30 maio 2008

Representante Especial, Atul Khare (foto), afirma que compromisso da comunidade internacional ajuda país obter sucesso ainda maior.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O chefe da Missão Integrada das Nações Unidas no Timor-Leste, Unmit, Atul Khare afirmou que o compromisso, a longo prazo, da comunidade internacional no país é necessário.

Khare falou à Rádio ONU durante uma viagem a Nova York, em meados do mês.

Planos

Segundo ele, a permanência de uma missão num país é sempre uma questão decidida pelo Conselho de Segurança após recomendações do Secretário-Geral.

Mas de acordo com Khare, o conselho tem dado sinais de um interesse mais amplo no Timor-Leste.

O chefe da Unmit lembrou que durante a última resolução sobre o Timor, o Conselho de Segurança pediu, pela primeira vez, planos de médio e longo prazos. O que segundo ele, poderia significar de cinco a 10 anos.

Timorenses

Khare afirmou que a comunidade internacional deve investir mais.

E que mais apoio ao Timor ajudará a solidificar investimentos anteriores feitos no país.

Segundo ele, um apoio mais consistente deve levar o Timor-Leste a alcançar um sucesso ainda maior não só para a nação, mas para todos os timorenses.

Atul Khare fez os comentários logo após uma entrevista do presidente José Ramos-Horta à rede britânica BBC afirmando que gostaria que a ONU ficasse no país até 2012.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud