Mais crianças e mulheres com Sida tratadas, diz ONU

Mais crianças e mulheres com Sida tratadas, diz ONU

Relatório da ONU lança mensagem de esperança para jovens e crianças infectados por HIV.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

As Nações Unidas afirmam no seu mais recente relatório sobre a Sida que mais crianças infectadas pelo HIV e mulheres grávidas beneficiam de programas de tratamento.

O relatório foi elaborado pelo Programa Conjunto das Nações Unidas sobre Sida, Onusida, Organização Mundial de Saúde, OMS, e Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef.

O relatório reconhece que o número de crianças infectadas com HIV que recebem tratamento aumentou em 70% entre 2005 e 2006 em países de baixo e médio rendimento.

A vice-ministra moçambicana da saúde, Aida Libombo, falou da situação em Moçambique.

“Nós temos tido ganhos no sentido de que conseguimos expandir os cuidados de prevenção em termos de educação e comunicação e também serviços que é o caso da transmissão vertical da doença, ou seja, da mãe para o bébé. E também em termos dos serviços para adolescentes”, disse.

Segundo o relatório, em 2007, 290 mil crianças com menos de 15 anos de idade morreram de Sida e na África subsaariana 12,1 milhões de crianças perderam um ou ambos os pais em resultado da Sida.