Perspectiva Global Reportagens Humanas

Tribunal da ONU absolve ex-premiê de Kosovo BR

Tribunal da ONU absolve ex-premiê de Kosovo

Ramush Haradinaj foi inocentado de acusações de crimes de guerra cometidos em 1998 na ex-Iugoslávia.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Tribunal Penal Internacional para a Ex-Iguslávia absolveu o ex-comandante do Exército de Libertação de Kosovo, Ramush Haradinaj.

Haradinaj, ex-primeiro-ministro de Kosovo, havia sido acusados de crimes de guerra e de violação dos direitos humanos, que teriam sido cometidos em 1998.

Controle

Além de Haradinaj, haviam sido julgadas mais duas pessoas. Idriz Balaj também absolvido e Lahi Brahimaj, que foi condenado a seis anos de prisão.

Os três foram acusados de participar de ações criminosas para consolidar o controle do Exército de Libertação de Kosovo no noroeste da província.

Pelas acusações, houve assassinatos e maus tratos de povos roma e sinti, também conhecidos como ciganos, de origens sérvia e kosovar assim como cidadãos de origem albanesa.

Cerca de 90% dos habitantes de Kosovo são de origem albanesa, 10% são sérvios.