Ban preocupado com alta no preço dos alimentos

8 abril 2008

Secretário-Geral diz que é preciso tomar medidas urgentes para que situação se regularize.

Ana Luiza Ponciano, Rádio ONU em Nova York*.

O Secretário-Geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, afirmou que está a acompanhar com preocupação a situação da alta no preço dos alimentos.

Numa entrevista a jornalistas na sede da ONU em Genebra, na Suíça, a porta voz do Programa Mundial de Alimentos, PAM, Elena Ponomareva-Piquier, disse que a declaração reflecte a vontade política das Nações Unidas para ajudar a resolver o problema.

Motivos

Leia o boletim de Ana Luiza Ponciano, da Rádio ONU em Nova York.

“De acordo com o PMA, as razões para o aumento do preço são muitas e não podem somente ser atribuídas à substituição da agricultura de consumo para o biocombustível, embora esse seja considerado um dos motivos.

O aumento do preço do petróleo e dos custos do transporte, desastres naturais e dos níveis de consumo em muitos países especialmente da Ásia.

O Secretário-Geral disse também que devem ser tomadas medidas urgentes para que a situação se regularize.

Esse ano, o Programa Mundial de Alimentos, PMA, planeja ajudar 73 milhões de pessoas. Mas para isso acontecer serão necessários U$ 500 milhões, o equivalente a R$ 850 milhões”.

O alto-comissário das Nações Unidas para Refugiados, António Guterres, mostrou preocupação com o impacto da falta de alimentos no empobrecimento da população mundial.

*Apresentação: João Duarte da Rádio ONU em Nova York

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud