FMI prevê recuperação em 2009

FMI prevê recuperação em 2009

Queda global foi 3,7% devido à crise nos mercados globais; Estados Unidos lideram baixa performance.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

Um relatório do Fundo Monetário Internacional, FMI, prevê a desaceleração da economia em todo o mundo.

O documento, “Perspectivas da Economia Mundial”, afirma que os Estados Unidos liderarão o movimento de baixa.

Segundo o relatório, esta desaceleração deve-se à deterioração dos mercados financeiros internacionais e à contínua correcção no mercado imobiliário norte-americano.

Recuperação

De acordo com os dados, apenas a partir de 2009 é que se pode prever alguma recuperação das taxas de crescimento.

Falando numa conferência de imprensa, o economista-chefe do FMI, Simon Johnson, afirmou que o principal risco é o agravamento das tensões que afectam o actual sistema financeiro.

Para a África Subsaariana, o relatório prevê uma redução de 0,2% na taxa de crescimento para 6,6% em 2008.

Crescimento

Nos Estados Unidos, o crescimento previsto é de 0,5%. Nas economias em desenvolvimento, a projecção de crescimento global situa-se nos 6,7%.

Os dados do documento sugerem que as economias emergentes e em desenvolvimento, onde se inclui África e a América latina, mostram sinais de maior resistência em comparação com períodos económicos difíceis ocorridos no passado.