Banco Mundial financia 12 projetos palestinos (Português para o Brasil)

Banco Mundial financia 12 projetos palestinos (Português para o Brasil)

Fundos para iniciativa serão liberados até fim deste mês; programa inclui obras de saneamento e educação.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Banco Mundial anunciou a liberação de um financiamento para o Plano de Reforma e Desenvolvimento da Autoridade Nacional Palestina.

Segundo o acordo, anunciado na segunda-feira, a liberação de mais de US$ 83 milhões, o equivalente a R$ 141 milhões, deve ocorrer antes do fim deste mês.

Estudo

A quantia deve ser destinada a obras de serviços sociais na Cisjordânia e em Gaza. O Banco também está analisando um estudo financeiro para um possível Estado palestino.

Leia o boletim de Daniela Kresch, da Rádio ONU em Tel Aviv.

“A estratégia foi desenvolvida pelo departamento do Banco Mundial que lida com Cisjordânia e Faixa de Gaza e ela tem como foco a estabilidade fiscal e o desenvolvimento das regiões até 2010.

Os especialistas sugerem a criação de um fundo de US$ 180 milhões para apoio orçamentário a um futuro Estado palestino nos próximos três anos.

Setores de infra-estrutura, como o sanitário e o elétrico receberiam mais investimentos bem como pequenas e médias empresas e as áreas de transporte, habitação e telecomunicações.

A proposta do Banco Mundial se baseia num plano palestino de reforma e desenvolvimento apresentado pela Autoridade Nacional Palestina à comunidade internacional em dezembro do ano passado em Paris”.

A quantia liberada pelo Banco Mundial faz parte de um pacote de parceria com os governos da Grã-Bretanha e da Noruega.