PMA faz novo apelo de emergência

18 abril 2008

Agência pediu mais US$ 256 milhões, o equivalente a R$ 435 milhões, para socorrer pessoas em crises geradas pela alta no preço dos alimentos.

Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Nova York*.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, lançou mais um apelo de emergência no valor de US$ 256 milhões, o equivalente a R$ 435 milhões.

O pedido soma-se ao apelo de US$ 500 milhões, anunciado no mês passado, para abastecer estoques de comida após o aumento no preço dos alimentos.

Compras

Segudo a porta-voz do PMA em Genebra, Christiane Berthiaume, a disparada de preços afetou diretamente as compras do programa.

Segundo Berthiaume, a subida foi de até 55% nos últimos 10 meses.

No começo da semana, o PMA divulgou que só havia recebido US$ 14 milhões dos US$ 500 milhões solicitados em março.

A agência da ONU afirmou que será obrigada a cortar rações de alimentos caso não receba recursos, nos próximos meses, para as operações de julho a agosto.

Segundo o PMA, cerca de 73 milhões de pessoas recebem ajuda de emergência em 80 países.

*Apresentação: Monica Villela Grayley da Rádio ONU em Nova York

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud