PAM faz apelo de emergência para ajuda humanitária

18 abril 2008

Valor do apelo ultrapassa os US$500 milhões. Falta de recursos pode prejudicar a distribuição de rações.

Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Nova York*.

O Programa Alimentar Mundial, PAM, pediu mais US$ 256 milhões para complementar o plano de ajuda humanitária no mundo em 2008.

Em março, o organismo da ONU já havia apelado por U$ 500 milhões para garantir água e comida aos mais vulneráveis.

Segundo a porta-voz do PAM em Genebra, Christiane Berthiaume, o pedido de emergência é reflexo da alta nos preços dos alimentos que afectou directamente as aquisições do Programa.

Ela lembrou que o preço dos alimentos subiu 55% nos últimos dez meses.

Recursos

No começo da semana, o PAM divulgou que só havia recebido US$ 14 milhões, dos US$ 500 milhões solicitados em março passado.

O organismo destacou ainda que caso não recebesse recursos nos próximos meses para as operações de julho e agosto, seria obrigada a diminuir e até mesmo cortar as rações.

O PAM oferece ajuda de emergência a 73 milhões de pessoas em 80 países.

Quénia

Recentemente, o Escritório da ONU para Assistência Humanitária, Ocha, também lançou um apelo de mais US$ 150 milhões, para complementar o plano de ajuda humanitária no Quénia em 2008.

O dinheiro, para as vítimas da violência no país, irá complementar o Fundo Central para Respostas de Emergência da ONU. O organismo já havia solicitado US$ 42 milhões.

*Apresentação: João Duarte, da Rádio ONU em Nova York

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud