Ajuda para ensino básico estagnada, diz Unesco BR

Ajuda para ensino básico estagnada, diz Unesco

Agência revela que apesar de crescer em 2006, recursos para educação primária continuam inferiores à arrecadação de 2004.

Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Nova York*.

Um relatório da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, sugere que apesar das promessas de apoio ao ensino básico, a ajuda financeira de países-doadores está praticamente estagnada.

Segundo o estudo “Relatório de Monitoramento Global”, em 2004, o mundo prometeu US$ 5,3 bilhões o equivalente a mais de R$ 9 bilhões. A quantia baixou em 2006, quando foram arrecadados cerca de US$ 3,9 bilhões.

Leia o boletim de Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York

Universalização

O relatório da Unesco foi divulgado em Paris durante a Semana de Ação para Educação Global.

De acordo com a agência da ONU, caso os doadores não destinem mais recursos para o ensino primário, a meta de universalização da educação poderá ser prejudicada.

O diretor-geral da Unesco, Koïchiro Matsuura, disse que a situação poderia gerar graves conseqüências ao progresso do ensino básico principalmente nos países em desenvolvimento.

Segundo a Unesco, isso pode comprometer ainda o alcance da 2ª. Meta do Milênio sobre o alcance de educação universal.

Segundo a ONU, a assistência oficial ao desenvolvimento caiu 8,4% em 2007. Uma queda que poderá refletir na redução de ajuda à educação primária.

*Apresentação: Monica Villela Grayley da Rádio ONU em Nova York