Unicef pede proteção para escolas iraquianas (Português para o Brasil)

Unicef pede proteção para escolas iraquianas (Português para o Brasil)

Episódios de violência impedem crianças de ir ao colégio e prejudicam educação no país

Cadija Tissiani, da Rádio ONU em Nova York*.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, pediu para que a proteção às escolas no Iraque seja encarada como uma prioridade da comunidade internacional.

O confronto entre milícias e forças governamentais tem impedido o acesso a educação às crianças nas cidades de Sadr, Basra, no sul do país e na capital Bagdá.

Escolas Fechadas

De acordo com o Unicef, apesar dos ataques terem diminuído, o medo das bombas ainda mantém famílias inteiras presas em casa.

Mais de 20 centros de ensino foram atingidos pelo conflito.

Além disso, na maioria das cidades, as escolas primárias e secundárias estão fechadas.

Proteção

De acordo com o Unicef, as escolas estão protegidas pelas leis internacionais como zonas de paz.

Além de promover as operações que levam água, mantimentos e medicamentos para cerca de 12 mil famílias desde o início do conflito, o Unicef está tentando agora oferecer mais assistência às escolas.

*Apresentação: Monica Villela Grayley da Rádio ONU em Nova York