Ban pede ajuda urgente para Haiti
BR

25 abril 2008

Secretário-Geral escreveu a mais de 10 países-membros para chamar a atenção sobre a rápida deterioração da situação na ilha.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, afirmou que o Haiti precisa de ajuda urgente para lidar com a rápida piora de circunstâncias sócio-econômicas no país.

Ban escreveu a mais de 10 países-membros da ONU sobre a situação da crise dos alimentos no país, que gerou uma onda de protestos no início deste mês.

Progresso

De acordo com o Secretário-Geral, o aumento no preço das mercadorias causou frustração entre os haitianos, que saíram às ruas em protestos violentos. Pelo menos cinco pessoas morreram em manifestações no sul do país e na capital, Porto Príncipe.

Ban Ki-moon afirmou que o Haiti está alcançando progressos em direção à estabilidade política, ecônomica e social e que por isso mesmo é preciso evitar uma regressão.

Desde 2004, a Missão de Estabilização das Nações Unidas no Haiti, Minustah, está no país. As tropas são lideradas pelo general brasileiro Carlos Alberto dos Santos Cruz.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud