Unesco dirige debate sobre línguas indígenas

Unesco dirige debate sobre línguas indígenas

Discussão, na sede da ONU, aproveita presença de mais de 1,2 mil indígenas reunidos no Fórum Permanente, em Nova York.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

A Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, está dirigindo na sede da ONU em Nova York, uma mesa redonda sobre as línguas indígenas e os órgãos de imprensa e mídia.

O debate é um evento paralelo ao Fórum Permanente sobre Assuntos Indígenas, que reúne mais de 1,2 mil indígenas na sede da ONU.

Gerações

No mês passado, a Unesco no Brasil anunciou a produção de um inventário de línguas brasileiras, faladas no território nacional há pelo menos três gerações.

A líder indígena Maria Miquelina, que participa do fórum em Nova York, disse à Rádio ONU, que a cidade de Manaus está apoiando uma iniciativa de ensino de línguas nas aldeias da Amazônia.

Além de línguas indígenas, o inventário da Unesco no Brasil, cadastrará línguas afro-crioula, faladas por migrantes e de linguagem de sinais.