Mundo precisa de 4 milhões de profissionais de saúde

Mundo precisa de 4 milhões de profissionais de saúde

A informação foi divulgada nesta segunda-feira, na abertura do Fórum Global sobre Trabalhadores de Saúde, em Kampala, Uganda.

Helder Gomes, da Rádio ONU em Nova York.

A Organização Mundial da Saúde, OMS, revelou nesta segunda-feira que existe um deficit de 4 milhões de profissionais de saúde em nível global.

Segundo a OMS só no continente africano, onde vive 11% da população mundial, a escassez é de mais de 1 milhão de técnicos.

A agência da ONU informou que cerca de 25% dos médicos e enfermeiros africanos desempenham a profissão nos países desenvolvidos de Europa, no Canadá e Nos Estados Unidos.

A informação foi divulgada nesta segunda-feira, na abertura do Fórum Global sobre Trabalhadores de Saúde que ocorre em Kampala, capital do Uganda.

O encontro reúne mais de 1 mil representantes de governos, do sector privado, da sociedade civil e de agência das Nações Unidas.

O Fórum Global sobre Trabalhadores de Saúde termina na sexta-feira.