Traumas de guerra na RD Congo

Traumas de guerra na RD Congo

De acordo com a agência, o programa está a ser desenvolvido em mais de 50 escolas no leste do país.

Jorge Soares, Rádio ONU em Nova York.

O Fundo das Nações Unidas para a Infância, Unicef, anunciou que está a desenvolver programas de ajuda psicológica a crianças vítimas da violência na província Kivu Norte, no leste da República Democrática do Congo.

Segundo o Unicef, o projecto está a ser desenvolvido em mais de 50 escolas, principalmente em campos de deslocados internos.

Os técnicos da agência afirmam que se trata de um processo lento de recuperação devido a traumas de guerra que levam os meninos e meninas a se isolarem e a não interactuar com colegas.

O Unicef destaca o caso da aldeia de Nyabyunyu onde mais de 600 crianças necessitam assistência.

Combates

A agência revela que o programa é dificultado por combates que prosseguem em Kivu Norte, apesar do acordo de paz assinado, em Janeiro, entre forças rebeldes e o governo do Congo.

De acordo com o Unicef os problemas são agravados pela falta de professores e de instalações escolares.