Alerta de derretimento de glaciares recorde

Alerta de derretimento de glaciares recorde

Segundo estudo, derretimento das camadas de gelo é causa direta da concentração atmosférica de gases que causam efeito estufa.

Ana Luiza Ponciano, Rádio ONU em Nova York*.

O Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, Pnuma, informou que o derretimento dos glaciares bateu um recorde em 2006.

Leia o boletim do repórter Eduardo Costa, da Rádio ONU em Nova York.

“Num estudo do Serviço Mundial de Observação de Glaciares, apoiado pelo Pnuma, cientistas mediram a espessura de 30 camadas e descobriram que, nos ultimos três anos, a perda mais do que dobrou em nove delas.

De acordo com o Pnuma, 2009 será um ano decisivo para o meio ambiente com as negociações para um substituto do Protocolo de Kyoto.

O director do instituto que fez o estudo, Wilfried Haeberli, disse que os governos precisam concordar com a redução de emissões de gases causadores do efeito de estufa.

Segundo ele, se nada for feito, as camadas de gelo simplesmente desaparecerão.

Segundo o instituto, o derretimento mais grave ocorreu na Noruega com a redução do glaciar Breidalblikbrea em quase 3 metros em 2006”.

Ainda segundo o estudo, outros glaciares como Echaurren, no norte do Chile, aumentaram.

Apresentação: Helder Gomes e Eduardo Costa.