Páscoa leva Timor a relaxar toque de recolher

20 março 2008

Missão da ONU no país, Unmit, informou que decisão foi tomada para facilitar eventos religiosos.

João Duarte, Rádio ONU em Nova York.

A Missão Integrada das Nações Unidas em Timor-Leste, Unmit, informou que a polícia decidiu relaxar o toque de recolher, decretado no mês passado, para permitir as comemorações da Páscoa, este fim de semana.

O toque de recolher vigora desde 11 de fevereiro após os atentados contra o presidente José Ramos-Horta e o primeiro-ministro, Xanana Gusmão.

Alta

Segundo agências de notícias, o presidente timorense e Prêmio Nobel da Paz, recebeu alta do hospital na Austrália, onde estava internado desde o atentado.

O primeiro-ministro Xanana Gusmão não foi atingido nos ataques.

Nesta quinta-feira, Xanana Gusmão encontrou-se com um grupo de especialistas em segurança da ONU em Díli, capital de Timor.

Formação

A equipa está a efectuar uma visita oficial ao país asiático para avaliar a fromação e cooperação da polícia da ONU com as forças de segurança locais.

Antiga colónia portuguesa, no sudeste da Ásia, Timor-Leste foi anexado pela Indonésia na década de 1970, tornando-se independente após um referendo da ONU em 2002.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud