Unodc apoia reforma em prisões no Sudão

27 março 2008

Agência da ONU diz que projecto incluirá formação de funcionários e melhorias para condições dos detidos.

Ana Luiza Ponciano, Rádio ONU em Nova York*.

O Escritório das Nações Unidas contra Drogas e Crime, Unodc, anunciou que está a prestar assistência técnica a um programa de reforma das prisões do sul do Sudão.

A área viveu uma guerra civil durante décadas, e perdeu grande parte da sua infra-estrutura.

Crianças

Através desta iniciativa, apoiada pela Missão da ONU no país, Unmis e pelo governo do Canadá, serão renovados os sistemas de informação dos estabelecimentos prisionais, formação de pessoal e as condições dos detidos.

Segundo o Unodc, o sistema prisional é inseguro.

O conselheiro inter-regional do Unodc no Sudão, Mark Shaw, disse que a reforma deve beneficiar também crianças, mulheres e outros grupos com necessidades especiais.

Autonomia

Além disso, os funcionários mais antigos serão formados em administração, planeamento e assuntos internacionais.

De acordo com o Unodc, mais de 2 milhões de pessoas foram assassinadas e outros 4,5 milhões ficaram desabriagadas durante os conflitos no oeste de Darfur.

Em 2005, o sul do Sudão alcançou autonomia do governo do país, através do Acordo de Paz Abrangente.

Este acordo permitiu a criação do governo do sul do Sudão, responsável pela administração do serviço prisional.

*Apresentação: João Duarte da Rádio ONU em Nova York

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud