Trânsito mata 1,2 milhão por ano

31 março 2008

ONU pede medidas para evitar acidentes nas estradas; ferimentos, gerados por desastres, são maior causa de morte entre pessoas de 10 a 24 anos.

Mônica Villela Grayley, Rádio ONU em Nova York.

A Assembléia Geral da ONU realizou nesta segunda-feira um debate sobre melhorias das condições de segurança nas estradas.

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, OMS, cerca de 1,2 milhão de pessoas morrem todos os anos em acidentes de trânsito.

Jovens

A maioria dos desastres ocorre em áreas urbanas e em países em desenvolvimento.

Ferimentos, gerados por acidentes, são ainda a principal causa de morte de pessoas entre 10 e 24 anos.

Leia o boletim de Ana Luiza Ponciano, da Rádio ONU, em Nova York

Saúde Pública

“Segundo o relatório da OMS, milhões de pessoas saem feridas de acidentes nas estradas. Para a agência da ONU, o assunto se tornou um problema de saúde pública.

Nos países em desenvolvimento e nos menos desenvolvidos, os custos dos desastres nas estradas chegam a US$ 100 bilhões, o equivalente a R$ 170 bilhões.

A quantia é superior à recebida em ajuda para o desenvolvimento.

Prevenção

De acordo com a OMS, é preciso aumentar os esforços de prevenção de acidentes.

Entre as recomendações, estão uso do capacete por motociclistas e cintos de segurança para motoristas e passageiros.

Duas outras medidas recomendadas são controle de velocidade e o fim da combinação álcool – volante”.

De acordo com o Ministério da Saúde do Brasil, os acidentes de trânsito mataram cerca de 30 mil pessoas entre 2003 e 2006.

Portugal

Nos países africanos e do sudeste asiático, centenas de milhares de jovens perdem a vida todos os anos em acidentes nas estradas.

Já em Portugal, a média de vítimas fatais diminuiu.

Informações do Conselho Europeu para Segurança nos Transportes revelam que entre 2001 e 2005, o número de mortes nas estradas portuguesas teria baixado 25% com um total de 6,5 mil vítimas fatais.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud