Acnur retira parte do seu pessoal do leste do Chade (Português para a África)

1 fevereiro 2008

Os funcionários foram transferidos para a cidade de Abeche que fica a 165 km a sul de Guereda.

Os funcionários foram transferidos para a cidade de Abeche que fica a 165 km a sul de Guereda.

Segundo o Acnur, pelo menos cinco veículos pertencentes à agência e à ONG Médicos Sem Fronteiras, foram roubados por homens armados.

O representante do Acnur no Chade, Serge Mal, disse a jornalistas que a mudança dos escritórios é para facilitar a continuação das operações humanitárias.

Refugiados

Agências da ONU assistem na região a cerca de 30 mil refugiados originários de Darfur, no Sudão. A localidade fica a 19 Km da fronteira com Darfur.

As Nações Unidas registaram, desde segunda-feira, um aumento de confrontos entre tropas do governo e forças rebeldes afectos à oposição, principalmente no leste do país. De acordo com o Acnur crescem também as tensões entre os grupos étnicos Zagawas e Tamas.

A agência afirma que a presença da ONU é importante para assegurar a protecção dos deslocados e refugiados.

O Alto-Comissariado das Nações Unidas para Refugiados teme uma redução do fornecimento de alimentos aos refugiados e deslocados internos nas próximas semanas, devido ao aumento da violência.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud