Nenhum país controla 100% uso de tabaco

Nenhum país controla 100% uso de tabaco

Relatório da OMS sugere que medidas práticas contra o fumo; doenças relacionadas ao uso de tabaco matam 5,4 milhões todos os anos.

Segundo o documento, lançado em Nova York, apenas 5% da população mundial vivem em países com estratégias para redução do fumo.

Indústria

Doenças relacionadas ao uso de tabaco matam pelo menos 5,4 milhões de pessoas todos os anos.

De acordo com a OMS, se nada for feito, o número de vítimas fatais pode subir para 8 milhões até 2030.

A consultora do Ministério da Saúde do Brasil, Vera Luiza da Costa e Silva, falou à Rádio ONU, do Rio de Janeiro, sobre algumas das propostas da OMS para reduzir o número de fumantes no mundo.

Locais Fechados

"Um sistema para monitorar a epidemia do tabaco, proibir publicidade, aumentar impostos, tratar o fumante que quer deixar de fumar e não permitir que se fume em locais fechados. Isso aconteceu recentemente em alguns países, como na França, na Turquia e na Tailândia", disse.

Segundo a OMS, a epidemia de tabaco está aumento nos países em desenvolvimento, onde devem ocorrer cerca de 80% das mortes relacionadas ao fumo.

A agência acredita que o aumento dos casos nesta região se deve à expansão da indústria do tabaco que investe em jovens e adultos.