Conferência das Cidades promove direitos humanos

Conferência das Cidades promove direitos humanos

O evento que tem o apoio do UN-Habitat e da Unesco, conta com a presença de representantes de 30 países.

Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York

A Conferência Internacional de Cidades teve início nesta quarta-feira, na cidade de Porto Alegre, no Brasil.

Entre os temas que estão a ser abordados se destacam os direitos humanos e como eles podem afectar a vida nas cidades.

O evento que tem o apoio do Centro das Nações Unidas para Assentamento Humano, UN-Habitat, e da Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura, Unesco, contará com a presença de representantes de 30 países.

Direitos civis

O ex-secretário especial dos direitos humanos do Brasil, José Gregori, falou à Rádio ONU, de Porto Alegre, sobre a importância deste encontro na promoção dos direitos civis.

"Conferências como essa de Porto Alegre chamam os principais problemas que vivem as grandes cidades no século 21, ajudam extraordinariamente os direitos humanos. E desde a Conferência de Viena em 2003 que os direitos humanos não são só os direitos civis mas os direitos económicos, os direitos sociais e culturais", disse.

Na pauta da conferência estão incluídos temas como o desenvolvimento de centros urbanos, direitos humanos e meio ambiente.