Belo Horizonte lança Orçamento Digital
BR

15 fevereiro 2008

Prefeito Fernando Damata Pimetel afirmou que mais de 10% do eleitorado da capital mineira já opinam através da internet.

Monica Valéria Grayley, enviada especial da Rádio ONU a Porto Alegre,*

O prefeito de Belo Horizonte, Fernado Damata Pimentel, revelou durante a Conferência Mundial de Desenvolvimento de Cidades que mais de 170 mil pessoas já se cadastraram para votar, pela internet, nas decisões orçamentárias da cidade.

De acordo com o prefeito, o número representa mais de 10% do eleitorado da capital mineira, que tem 1,2 milhão de eleitores.

Pimentel foi um dos palestrantes sobre experiências de participação democrática na Conferência Mundial de Desenvolvimento de Cidades que ocorre em Porto Alegre.

Orçamento participativo digital

Na cidade fundadora do conceito de orçamento participativo, o prefeito Fernando Damata Pimetel, disse à Radio ONU, que Belo Horizonte está conduzindo uma pesquisa através do orçamento participativo digital.

"A questão do orçamento participativo digital nasce exatamente da preocupação de como incorporar o processo democrático ao processo de participação popular às novas gerações. Jovens de 15, 16, 17, 18 anos estão mobilizados e organizados para suas próprias demandas, mas não na forma política tradicional. Imaginar que a nova geração se submeta àquele ritmo da política que a gente conhece, longas reuniões, assembléias, exposições penosas e cansativas, é inteiramente irreal", disse.

A prefeitura de Belo Horizonte também vem buscando alternativas na área da segurança pública.

Pimentel considera que o combate a criminalidade começa por um trabalho social para criar exemplos positivos aos jovens.

Escola integrada

O prefeito de Belo Horizonte explica como funciona o programa Escola Integrada, que tem como objetivo dar ensino integral aos alunos da rede

pública.

"Nós mobilizamos o bairro onde está a escola e o aluno, fora do turno escolar, tem atividades didático-pedagógicas com monitores, usando o parque do bairro, o clube esportivo, o salão paroquial, a academia de ginástica, enfim, aqueles que aderem ao nosso programa e cedem esses espaços. E com isso você cria lideranças positivas. Eu acho que o combate à criminalidade não prescinde também da ação policial e do judiciário, mas em princípio, nós temos que começar pela raiz e a raiz é atrair os jovens para o lado do bem", disse.

A Conferência Mundial de Desenvolvimento de Cidades será encerrada no sábado.

*Apresentação: Marco Alfaro

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud