Aiea debate resíduos da energia nuclear (Português para a África)

Aiea debate resíduos da energia nuclear (Português para a África)

Reunião, apoiada pela agência da ONU, junta 2 mil especialistas para discutir medidas de segurança nuclear.

Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York.

A Agência Internacional de Energia Atómica, Aiea, participa da 34˚Conferência sobre Gerenciamento de Resíduos Nucleares, WM 2008, que decorre até esta quinta-feira, em Arizona, nos Estados Unidos.

A WM reúne 2 mil especialistas, educadores e líderes políticos de 40 países incluindo o Brasil, Cuba, Tanzânia e África do Sul.

Material radioactivo

Os participantes vão debater ainda a classificação padronizada dos resíduos nucleares, de acordo com o nível de actividade.

A directora da divisão de transporte e segurança de material radioactivo da Aiea, Eliana Amaral, falou à Rádio ONU, de Viena, na Aústria, sobre a importância do encontro.

"A idéia é tentar ter um sistema global e uniforme de segurança, em relação não só a resíduos mas a todas as áreas de uso da radiação. E isso é feito envolvendo representantes dos países. Às vezes, é um facilitador do desenvolvimento dos 'standards' e também promove sua aplicação", disse.

Eliana Amaral disse que, além de apoiar convenções mundiais, a agência nuclear da ONU também ajuda os países que pedem apoio técnico.

Segurança nuclear

Uma das sessões da Convenção será dedicada às medidas de segurança promovidas pelo Fundo de Segurança Nuclear, e ao aumento do orçamento do programa de segurança nuclear da Aiea.

O encontro servirá também para arrecadar fundos destinados a apoiar a educação nuclear nas universidades.