ONU pede protecção de portadores do HIV/Sida (Português para a África)

28 fevereiro 2008

Apelo lançado pelo Onusida conta com apoio do Alto-Comissariado da ONU para Direitos Humanos.

Jorge Soares, da Rádio ONU em Nova York

O Programa Conjunto das Nações Unidas sobre HIV/Sida, Onusida, pediu nesta quinta-feira o reforço da protecção dos direitos humanos para todas as pessoas independentemente da orientação sexual ou de serem portadoras de Sida.

O apelo lançado em Genebra, na Suíça, conta com o apoio do Alto-Comissariado da ONU para Direitos Humanos.

Direitos dos cidadãos

As duas agências pedem aos governos dos países membros que sejam vigilantes no respeito e protecção dos direitos dos cidadãos, em particular o direito à vida, impedindo o uso do assassinato, tortura, e prisões arbitrárias de pessoas portadoras de HIV.

As Nações Unidas condenam ainda a implementação de testes obrigatórios de HIV, e divulgação não autorizada de dados clínicos dos portadores da doença.

De acordo com o Onusida e o Alto-Comissariado para Direitos Humanos,

os comportamentos homofóbicos fazem crescer o medo, provocando o aumento da epidemia do HIV, porque diminuem as condições para prevenção e tratamento do síndroma.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud