Bangladesh enfrenta escassez de arroz, diz PMA
BR

4 janeiro 2008

Colheita do principal alimento do país asiático foi afetada por inundações provocadas pela passagem do ciclone Sidr, em novembro.

Mônica Valéria Grayley, da Rádio ONU em Nova York.

O Programa Mundial de Alimentos, PMA, informou que está acelerando a implementação de projetos de ajuda alimentar a Bangladesh. O país está enfrentando uma escassez de arroz, o principal alimento dos bengaleses.

A colheita do arroz foi afetada por inundações provocadas pelo ciclone Sidr que atingiu o país em novembro.

A informação é do vice-diretor do Departamento de Operações e Gestão do PMA, Ramiro Lopes da Silva.

"Regularmente, temos uma operação bastante larga no Bangladesh. Essa operação regular foi expandida há dois meses, quando houve a tempestade que afetou a parte costeira do Bangladesh. E o que estamos tentando fazer é acelerar a chegada dos produtos alimentares no quadro da nossa operação, fundamentalmente visando reforçar as capacidades de suportar os choques das populações mais vulneráveis", disse.

Inundações

O ciclone matou mais de 3 mil pessoas e obrigou 3 milhões a deixar suas casas.

As autoridades bengalesas afirmam que a escassez do arroz, e o alto custo dos transportes, levaram a um aumento do preço do produto.

Segundo o governo, o país tem que assegurar uma reserva mínima de 1 milhão de toneladas de arroz. Mas até agora, só 600 mil toneladas foram recebidas.

 

♦ Receba atualizações diretamente no seu email - Assine aqui a newsletter da ONU News
♦ Baixe o aplicativo/aplicação para - iOS ou Android
♦ Siga-nos no Twitter! Assista aos vídeos no Youtube e ouça a rádio no Soundcloud